Terça-feira, 30 de Agosto de 2011

Os Amantes de Novembro

 

 

 

 

Ruas e ruas dos amantes 
Sem um quarto para o amor 
Amantes são sempre extravagantes 
E ao frio também faz calor 

Pobres amantes escorraçados 
Dum tempo sem amor nenhum 
Coitados tão engalfinhados 
Que sendo dois parecem um 

De pé imóveis transportados 
Como uma estátua erguida num 
Jardim votado ao abandono 
De amor juncado e de outono. 

Autor: Alexandre O'Neill

 

 

publicado por Súh (My Secret) às 08:32
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De PaperLife a 30 de Agosto de 2011 às 18:18
Muito bom! ;)
Não conhecia este poema ^^
De Súh (My Secret) a 30 de Agosto de 2011 às 23:09
Eu ainda me lembro de dar isso na escola :)

Obrigada pelo comentário ^^

Comentar post

.mais sobre mim

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Quantas pessoas já visitaram o meu blog?

estatisticas gratis
Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

.Quem está a ver o meu blog?


888 ladies | Free counter | casinos online | LAS VEGAS CASINOS | mt4

.arquivos

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011