Terça-feira, 23 de Agosto de 2011

Preciso de alguém!

Preciso de alguém...

Que me olhe nos olhos quando falo.
Que ouça as minhas tristezas e neuroses com paciência.
Preciso de alguém, que venha brigar ao meu lado sem precisar ser convocado; alguém Amigo o suficiente para dizer-me as verdades que não quero ouvir, mesmo sabendo que posso odia-lo por isso.
Neste mundo de céticos, preciso de alguém que creia, nesta coisa misteriosa, desacreditada, quase impossivel de encontrar: A Amizade.
Que teime em ser leal, simples e justo, que não vá embora se algum dia eu perder o meu ouro e não for mais a sensação da festa.
Preciso de um Amigo que receba com gratidão o meu auxílio, a minha mão estendida.
Mesmo que isto seja pouco para as suas necessidades.
Preciso de um Amigo que também seja companheiro, nas farras e pescarias, nas guerras e alegrias, e que no meio da tempestade, grite em coro comigo:
"Nós ainda vamos rir muito disso tudo"
Não pude escolher aqueles que me trouxeram ao mundo, mas posso escolher o meu Amigo.
E nessa busca empenho a minha própria alma, pois com uma Amizade Verdadeira, a vida se torna mais simples, mais rica e mais bela...

 

 

 

Autor: Charlie Chaplin

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Súh (My Secret) às 22:28
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De PaperLife a 24 de Agosto de 2011 às 16:49
De nada, ora essa... obrigada eu ^^
E se precisares de alguém, seja para o que for, conta comigo ;)
Adorei o post :')
De Súh (My Secret) a 25 de Agosto de 2011 às 11:19
Muito obrigada... digo-te o mesmo!

Se precisares estou aqui (: .... já sabes!

Muito obrigada pela visita ^^
De poetazarolho a 24 de Agosto de 2011 às 22:51
“Triunfo”

O mais importante é triunfar
Comunicando assertivamente
Contando mentiras à gente
Ou mesmo sem comunicar

Contam connosco seguramente
Que nós vamos comer e calar
Para que tenham triunfo impar
Pois que quem cala consente

Quando chegarem triunfantes
Lembrem-se dos que calaram
Dos que comeram sem comer

E por vós seguiram confiantes
Que sem acreditar acreditaram
Dando-vos o triunfo por sofrer.
De poetazarolho a 26 de Agosto de 2011 às 00:20
“Adivinha”

O poder ofusca a razão
Política é o complemento
O capital é o condimento
E o ex-líbris é a corrupção

Passas a ser moeda de troca
De equilíbrios impossíveis
Os danos não são visíveis
Porque o mal não te toca

Vives na redoma de vidro
Blindado pela economia
És a nossa maior desilusão

Lixas o mais desfavorecido
Aquele que já não podia
E que faz das tripas coração.
De poetazarolho a 29 de Agosto de 2011 às 16:21
“Ladrões de mundo”

Os que te roubaram o mundo
Ficaram com mundo demais
Eu estudei-os muito a fundo
E verifiquei que são mortais

Levam muito mundo em cima
Do teu, meu e também do deles
Nós cumprimos a triste sina
Três palmos de um mundo reles

No teu mundo foste a mais bela
Que à soleira da porta sentada
Nessa noite estrelada e imensa

Te assalta interrogação singela
Feliz no teu mundo, que é nada
Muito mais mundo compensa?

Comentar post

.mais sobre mim

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Quantas pessoas já visitaram o meu blog?

estatisticas gratis
Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

.Quem está a ver o meu blog?


888 ladies | Free counter | casinos online | LAS VEGAS CASINOS | mt4

.arquivos

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011