Quinta-feira, 13 de Outubro de 2011

Inferno

Há no centro da Terra ampla caverna, 
Reino imenso dos anjos rebelados, 
Lago horrendo de enxofres inflamados, 
Que acende o sopro da Vingança eterna. 

O seu fogo maldito é sem lucerna, 
Que faz trevas dos fumos condensados. 
Seus tectos e alçapões, enfarruscados, 
Não deixam lá entrar a luz externa. 

Silvosos gritos, hórridos lamentos, 
Blasfémias, maldições, desata o vício 
Bramando, sem cessar, em seus tormentos. 

Que imensos réus no eterno precipício 
Caindo estão, a todos os momentos! 
O Inferno sem fim, fatal suplício. 

 

 

Autor: Francisco Joaquim Bingre

 

 

 

 

 

tags: ,
publicado por Súh (My Secret) às 20:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 4 de Outubro de 2011

Felicidade

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário. 
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas. 
Se achar que precisa voltar, volte! 
Se perceber que precisa seguir, siga! 
Se estiver tudo errado, comece novamente. 
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a. 
Se perder um amor, não se perca! 
Se o achar, segure-o!

 

Autor: Fernando Pessoa

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Súh (My Secret) às 18:35
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 29 de Setembro de 2011

Desculpas

Peço desculpa por andar um pouco "desaparecida" mas tenho pouco tempo para vir aqui ao blog. Mais uma vez peço desculpa... Beijokas e prometo que vou dar mais atenção aqui ao blog, sorry!

tags:
publicado por Súh (My Secret) às 20:09
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 16 de Setembro de 2011

Não Creio nesse Deus



Não sei se és parvo se és inteligente 
— Ao disfrutares vida de nababo 
Louvando um Deus, do qual te dizes crente, 
Que te livre das garras do diabo 
E te faça feliz eternamente. 

II 

Não vês que o teu bem-estar faz d'outra gente 
A dor, o sofrimento, a fome e a guerra? 
E tu não queres p'ra ti o céu e a terra.. 
— Não te achas egoísta ou exigente? 

III 

Não creio nesse Deus que, na igreja, 
Escuta, dos beatos, confissões; 
Não posso crer num Deus que se maneja, 
Em troca de promessas e orações, 
P'ra o homem conseguir o que deseja. 

IV 

Se Deus quer que vivamos irmãmente, 
Quem cumpre esse dever por que receia 
As iras do divino padre eterno?... 
P'ra esses é o céu; porque o inferno 
É p'ra quem vive a vida à custa alheia! 

 

 

Autor: António Aleixo

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Súh (My Secret) às 21:32
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 4 de Setembro de 2011

Eu ganhei as 3 categorias dos "Prémios TvUniverso 2011"

Como o titulo diz, aqui a minha placa de vencedor das 3 categorais dos "Prémios TvUniverso 2011"!

 

 

 

Não a acham super fofa? :)

 

Muito obrigada a quem votou e me ajudou a ganhar nas 3 categorias... quem quiser ver as votações das 3 categorias pode ver aqui: http://tvuniverso.blogs.sapo.pt/

 

 

publicado por Súh (My Secret) às 21:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Portugal

 

 

 

Avivo no teu rosto o rosto que me deste, 

E torno mais real o rosto que te dou. 
Mostro aos olhos que não te desfigura 
Quem te desfigurou. 

Criatura da tua criatura, 
Serás sempre o que sou. 

E eu sou a liberdade dum perfil 
Desenhado no mar. 
Ondulo e permaneço. 
Cavo, remo, imagino, 
E descubro na bruma o meu destino 
Que de antemão conheço: 

Teimoso aventureiro da ilusão, 
Surdo às razões do tempo e da fortuna, 
Achar sem nunca achar o que procuro, 
Exilado 

Na gávea do futuro, 

 

Mais alta ainda do que no passado.

 

 

Autor: Miguel Torga

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Súh (My Secret) às 14:32
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 31 de Agosto de 2011

Fórum A Hora do Café

Boa noite, hoje vim só postar um fórum que conheco que é de uma amiga minha. O fórum chama-se A Hora do Café, tem vários tópicos sobre vários temas e é totalmente em português.

 

Aqui está o link: http://coffee-time.umforum.net/ Registem-se, comentem mas acima de tudo divirtam-se!

publicado por Súh (My Secret) às 19:52
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 30 de Agosto de 2011

Os Amantes de Novembro

 

 

 

 

Ruas e ruas dos amantes 
Sem um quarto para o amor 
Amantes são sempre extravagantes 
E ao frio também faz calor 

Pobres amantes escorraçados 
Dum tempo sem amor nenhum 
Coitados tão engalfinhados 
Que sendo dois parecem um 

De pé imóveis transportados 
Como uma estátua erguida num 
Jardim votado ao abandono 
De amor juncado e de outono. 

Autor: Alexandre O'Neill

 

 

publicado por Súh (My Secret) às 08:32
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 23 de Agosto de 2011

Preciso de alguém!

Preciso de alguém...

Que me olhe nos olhos quando falo.
Que ouça as minhas tristezas e neuroses com paciência.
Preciso de alguém, que venha brigar ao meu lado sem precisar ser convocado; alguém Amigo o suficiente para dizer-me as verdades que não quero ouvir, mesmo sabendo que posso odia-lo por isso.
Neste mundo de céticos, preciso de alguém que creia, nesta coisa misteriosa, desacreditada, quase impossivel de encontrar: A Amizade.
Que teime em ser leal, simples e justo, que não vá embora se algum dia eu perder o meu ouro e não for mais a sensação da festa.
Preciso de um Amigo que receba com gratidão o meu auxílio, a minha mão estendida.
Mesmo que isto seja pouco para as suas necessidades.
Preciso de um Amigo que também seja companheiro, nas farras e pescarias, nas guerras e alegrias, e que no meio da tempestade, grite em coro comigo:
"Nós ainda vamos rir muito disso tudo"
Não pude escolher aqueles que me trouxeram ao mundo, mas posso escolher o meu Amigo.
E nessa busca empenho a minha própria alma, pois com uma Amizade Verdadeira, a vida se torna mais simples, mais rica e mais bela...

 

 

 

Autor: Charlie Chaplin

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Súh (My Secret) às 22:28
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quarta-feira, 17 de Agosto de 2011

Despedida

 

 

 

 

Uma harpa envelhece. 
Nada se ouve ao longo dos canais e os remadores 
sonham junto às estátuas de treva. 
A tua sombra está atrás da minha sombra e dança. 
Tocas-me de tão longe, sobre a falésia, e não sei se 
foi amor. 
Certo rumor de cálices, uma súplica ao dealbar das 
ruínas, 
tudo se perdeu no solitário campo dos céus. 
Uma estrela caía. 
Esse fogo consumido queima ainda a lembrança do 
sul, a sua extrema dor anoitecida. 
Não vens jamais. 
O teu rosto é a relva mutilada dos passos em que me 
entristeço, a absoluta condenação. 
Chove quando penso que um dia as tuas rosas floriam 
no centro desta cidade. 
Não quis, à volta dos lábios, a profanação do jasmim, 
as tuas folhas de outubro. 
Ocultarei, na agonia das casas, uma pena que esvoaça, 
a nudez de quem sangra à vista das catedrais. 
O meu peito abriga as tuas sementes, e morre. 
Esta música é quase o vento. 

 

 

Autor: José Agostinho Baptista

 

 

 


 

 

 

 

 

 

publicado por Súh (My Secret) às 13:37
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

.mais sobre mim

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Quantas pessoas já visitaram o meu blog?

estatisticas gratis
Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

.Quem está a ver o meu blog?


888 ladies | Free counter | casinos online | LAS VEGAS CASINOS | mt4

.arquivos

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011